Pós-pandemia: como será o futuro do mercado imobiliário?

Com o avanço da vacinação em todo o país, já podemos começar a pensar sobre o futuro do Brasil pós-pandemia e, principalmente, nas projeções dos negócios imobiliários para os próximos anos.

Vamos falar mais sobre o assunto? Confira o texto que preparamos sobre as principais tendências e o que esperar do futuro desse mercado.

Tendências pós-pandemia

·         Mais atenção na forma de viver

Durante a pandemia, as pessoas se viram obrigadas a ficarem em casa por longos períodos. Isso fez com que elas observassem melhor a forma como viviam em seus lares e como a questão dos cômodos bem distribuídos e arejados deveria ser uma prioridade. Com isso, estão predispostas a valorizarem imóveis com essas especificações. Além disso, por se sentirem enclausuradas nesse momento de isolamento, optam por imóveis que contenham varandas, quintais etc.

·         Ascensão da procura por áreas de lazer

Também como consequência do período de reclusão imposto pela pandemia, vemos o quanto as áreas de lazer estão sendo cada vez mais enaltecidas. São nelas que acontecem as interações entre os moradores, favorecendo a socialização e despertando o sentimento de hospitalidade.

·         Priorização das áreas de coworking

Muitas empresas mudaram a modalidade de trabalho de seus funcionários para o home office. Com isso, os espaços de coworking, com acesso à internet, capazes de atender as demandas do dia a dia, estão na lista de prioridades de possíveis compradores e locatários.

·         Vida na varanda

As varandas serão pré-requisito na procura por um novo apartamento, afinal, esse espaço não é só mais uma parte da casa, com pouco uso. Agora, as varandas proporcionam diversas facilidades, por exemplo, um espaço gourmet para receber pessoas ou, até mesmo, ser um cômodo de acesso ao ar livre, que traz boa iluminação e sensação de bem-estar para o lar.

·         Interesse por empresas que valorizam a prática ESG

Outra propensão é a procura por negócios comprometidos com a melhoria ambiental e socioeconômica ao seu redor, a chamada prática ESG, de forma traduzida ASG – Ambiental, Social e Governança, que se refere aos indicadores que medem o impacto dessas três áreas na operação das empresas.

Afinal, qual será o futuro do mercado imobiliário?

Sem dúvida, promissor! O setor imobiliário já está se atualizando, de acordo com as tendências, se reerguendo e vem se destacando como um dos mais importantes na retomada da economia do país. Temos um mercado estável e fortalecido, pronto para receber investimentos.

Os empreendimentos da Diamond têm acompanhado essas projeções, afinal buscamos sempre a excelência em nossos projetos e o melhor para os nossos clientes. Clique aqui e conheça mais sobre nós.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Entre em contato com a gente pelo WhatsApp.

Digite seu e-mail abaixo para iniciar a conversa.